Temporada 1 Ep 3 - Entrando no ritmo

Eba! Seja bem vindo ao PianoBlog! Hoje gostaria de ajudá-los a escutar pensando no ritmo! Como vimos, a música pode ser pensada como um discurso musical e que tem sentido, ou seja, nos comunica algo musicalmente.


Bom, mas faz sentido se não houver referência extrema? Ou melhor, faz sentido falarmos alguma coisa e ninguém entender? Inventarmos uma língua, e não explicarmos como aprendê-la. Imagina se o Tolkien não deixasse escrito como ler a língua dos Elfos? Não seria interessante.


Nossa referência então, no lugar de letras será o ritmo! É a forma como a grupamos os sons com durações diferentes. Sons longos e curtos fazem a música se movimentar de quando a ouvimos também acabamos levados pelo balanço do ritmo.


Aliás, esse balanço é a pulsação! Ela é mais regular que o ritmo e se mantém constante. Como a pulsação do coração, ela pode ser mais rápida ou mais lenta. Exemplo mais comum que temos em a presença da pulsação nas palmas do “parabéns para você”. Musicalmente é bem complexo, principalmente com a pulsação nas palmas e cantando ao mesmo tempo.


Mas isso não é ritmo? Sim, é um ritmo regular, mas vamos ver a definição da palavra. Em grego ritmo é rythmòs, o movimento regular das ondas (Machado, p. 122, 2017). Uma onda nunca é igual a outra, mas ela se repete com maior ou menor intensidade.



Logo, ritmo é um movimento natural livre que a música organiza. É um dos conceitos mais complexos da música pra mim, e vamos investigá-los com mais profundidade em outros episódios.



Uma forma de escutar o ritmo é sentir aonde o som é longo e aonde o som é curto na melodia. Ou se a música é mais percussiva, perceba se alguma batida se repete...


Meu nome é Carla Gullo e nosso podcast continua investigando os elementos da música. Afinal, uns gostam mais de ritmo, outros melodia... Você já sabe o que você gosta?

Sabia que isso influencia nos instrumento que você escolhe? Até a próxima, nos vemos no próximo episódio!


Referências:


Bennett, Roy. Uma breve história da Música. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 3a edição.

Machado, Silvia De Ambrosis Pinheiro. Canção de ninar brasileira: Aproximações. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2017.



Escute o Podcast! Spotify:

https://open.spotify.com/show/64xV1sBmuNRVsC54UZDH5l


iTunes - Apple Podcasts:

https://podcasts.apple.com/us/podcast/pianoblog-carla-gullo/id1522223679


Google Podcasts:

https://podcasts.google.com/feed/aHR0cHM6Ly9hbmNob3IuZm0vcy8yOGQ1MzI1Yy9wb2RjYXN0L3Jzcw==


Breaker:



https://www.breaker.audio/pianoblog-carla-gullo


Pocket Casts:

https://pca.st/si7pfj6v


RadioPublic:

https://radiopublic.com/pianoblog-carla-gullo-60VnYL


0 visualização

Entre em contato! 

Endereço: Avenida T-2, Edifício Focus, sala 601. Setor Bueno. Goiânia - GO

carla.gullo@gmail.com

Tel: 062 996377241 (Whatspp)

  • Facebook Basic Black
  • Instagram Basic Black

© 2020 por Carla Gullo