2ª Temporada do Podcast PianoBlog! O que é Textura Musical?!


Olá! Bem-vindos novamente ao PianoBlog! Eu sou a Carla Gullo e recomeçamos as transmissões com a ideia de Textura Musical! Mas como assim?! Música tem textura? Geralmente relacionamos a palavra “textura” à superfície, aos alimentos, mas também podemos pensar no sentido musical. Afinal, não vemos a música, mas ela tem uma tridimensionalidade que às vezes não conseguimos perceber.


Vamos lá! Você tem um tapete em casa? Ou se não tiver, pegue um tecido, o tecido da roupa que você está usando. Estique um pouquinho o tecido e veja que ele é composto de fios que se entrelaçam, certo?! Pronto, podemos inferir que, para tecer um tapete ou fazer uma roupa, precisamos entrelaçar fios na horizontal e na vertical. Esta combinação de fios, os tecelões antigos sabiam de cor, e ainda existe por aí esta arte de desenvolver os próprios tecidos e de fazer tapetes com desenhos bem complexos, que são verdadeiras obras de arte. Uma peça de tricô ou de crochê segue o mesmo raciocínio: cada ponto leva a outro diferente e que vai criando um desenho muito bonito a partir de poucos fios.


Pois muito bem, prô! O que isto tem haver com música?! Lembra que relacionamos na temporada anterior, a música como um discurso?! Uma mensagem a ser transmitida para o ouvinte?! Então, agora proponho a você escutar a música como sons entrelaçados que compõem um “tecido” musical. Não estamos longe da ideia anterior! A raiz da palavra texto é semelhante, é uma combinação ou um tecido de palavras que formam frases e transmitem certas ideias.


Quando se fala em textura, podemos sentir a diferença imediata de uma superfície pelo tato: a textura do casco da árvore é diferente da sensação da textura do tecido de seda. Não podemos tocar na música em si, podemos tocar instrumentos! Mas quando vamos ouvir, quem determina a textura é o compositor que irá entrelaçar os fios de notas musicais que chamamos de linhas melódicas! E os intérpretes ao executar, nos permitem escutar o sentido musical destas linhas. Agora sim, podemos entender melhor como o compositor tece ou melhor, compõe peças que nos encantam por sua sonoridade e efeitos que jamais pensaríamos que pudessem ser representados em forma de música! E nossos queridos intérpretes, conseguem dar coloridos e um sentido novo para as linhas melódicas, que às vezes, nem os próprios compositores pensaram que suas músicas pudessem soar dessa forma.


Para você se inspirar a procurar as texturas musicais: escute músicas de diferentes períodos históricos e de diferentes culturas. No Spotify tem a minha lista Textura Musical para você começar a pensar sobre o tema. No próximo episódio, conheceremos um pouco mais sobre a Textura monofônica! Até lá!


5 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Entre em contato! 

Endereço: Avenida T-2, Edifício Focus, sala 601. Setor Bueno. Goiânia - GO

carla.gullo@gmail.com

Tel: 062 996377241 (Whatspp)

  • Facebook Basic Black
  • Instagram Basic Black

© 2020 por Carla Gullo